Dicas do Amaral

DICAS DE FUNDAÇÃO

CONHEÇA OS TIPOS DE FUNDAÇÕES MAIS EMPREGADAS PARA SUSTENTAR AS CASAS E PRÉDIOS
Os exemplos aqui apresentados são meramente ilustrativos e não podem ser utilizados na prática. A definição do tipo de fundação só pode ser realizada por profissionais habilitados e registrados no CREA – Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Os exemplos apresentados servem para os internautas, e principalmente os estudantes, terem uma idéia da variedade de tipos de fundações.

O QUE É FUNDAÇÃO
A Fundação é o alicerce, o que segura a casa no lugar. Fundação é a obra, geralmente enterrada, que serve para suportar a casa. A fundação pode ser feita de diversos tipos de materiais e dependendo do tipo de terreno encontrado no local das obras, adota-se tipos diferentes de fundações, utilizando vigas baldrames, sapatas, brocas. Veja os tipos mais comuns:
FUNDAÇÃO TIPO BALDRAME
ROTEIRO PARA CONFECÇÃO DE UM BOM ALICERCE:
COMO MEDIR A DECLIVIDADE DO TERRENO:
1- Escolher 2 pontos quaisquer no terreno, por exemplo pontos A e B da figura acima.
2- No ponto mais baixo, cravar um pontalete. Se não tiver pontalete, serve caibro, sarrafo ou outro material que seja firme.
3- Com o auxílio de uma mangueira de água,transportar o nível do ponto B para o ponto A, fazendo uma marca no pontalete.
4- Medir a distância horizontal entre A e B. No caso do exemplo acima, a distância horizontal medida foi de L = 13,40 metros.
5- Medir a distância vertical entre o chão e a marca feita no pontalete. No caso do exemplo acima, a distância vertical medida foi de 74 centímetros ou 0,74 metros.
6- Dividir a distância vertical pela horizontal e multiplicar o resultado por 100: D = V / H * 100 = 0,74 / 13,40 * 100 = 5,52 %.A declividade do terreno do exemplo acima é de 5,52 porcento.
7- Até 10% de declividade e sendo o terreno bem firme, você pode pensar em fundação direta.
8 – Para terrenos com mais de 10% de declividade, a fundação não pode ser direta mas sim profunda e ainda sobre estacas. Algumas das estacas deverão ser inclinadas para segurar a casa contra o escorregamento. A profundidade das estacas deve ser tal que atinja a camada firme do terreno.
9- Para terrenos com mais de 20% de declividade há risco de escorregamento entre as camadas geológicas do subsolo. Nestes casos não há nada que consiga segurar a casa contra o escorregamento, pois o próprio terreno tem a tendência de escorregar. Neste caso a casa não poderá ser construída neste local.
ISSO VAI DAR MUITO PROBLEMA:
SAPATA CORRIDA
SAPATA SIMPLES
RADIER


grafico

 

 

 

 

area

O baldrame é o tipo mais comum de fundação. Constitui-se de uma viga, que pode ser de alvenaria, de concreto simples ou armado construída diretamente no solo, dentro de uma pequena vala. É mais empregada em casos de cargas leves como residência construídas sobre solo firme. O alicerce é a base que sustenta a casa, dá solidez e transmite para o terreno toda carga (pêso) da casa (paredes, lajes, telhados,etc.). Um alicerce bem feito evita o surgimento de trincas nas paredes, evita o surgimento de umidade na parte de baixo das paredes. Veja, como deve ser feito um bom alicerce.

 

 

 

casinha

1- Os alicerces em alvenaria só podem ser empregados para casas térreas e em terreno firme. Se o terreno não for muito firme, isto é, for formado por barro muito úmido ou argila mole ou solos com presença de água, o alicerce deve ser feito com vigas baldrames de concreto armado. 2- Não trabalhe em dias chuvosos. A fundação vai ficar uma porcaria e vai trazer problemas de trincas e infiltração de umidade para o resto da vida.

3- Abrir uma vala da largura um pouco maior que a largura do alicerce.As paredes internas da casa serão de 1/2 tijolo. Então o alicerce deve ter pelo menos 1 tijolo de largura. Se o terreno não for bem firme, o alicerce deve ser mais largo, isto é, ter 1 e 1/2 tijolo de largura. As paredes externas da cas serão de 1 tijolo. Então o alicerce deve ter 1 e 1/2 tijolo de largura. Se o terreno não for bem firme, o alicerce deve ser mais largo, isto é, ter 2 tijolos de largura. 4- A vala não pode ter menos que 40 centímetros de profundidade. Normalmente, os terrenos naturais apresentam, na camada superficial, muitas raízes de plantas e de árvores. Esta camada não serve para assentar o alicerce. Aprofundar até encontrar terreno firme sem raízes. Em terrenos aterrados não é possível o emprego de fundação direta. 5 -Em terrenos inclinados, o alicerce segura a casa, não deixando ela “escorregar”. Aprofundar a vala até encontrar terreno bem firme. Em terrenos bastante inclinados, empregar estacas na fundação. Aprenda medir a DECLIVIDADE do terreno: